Refúgio selvagem em plena metrópole

FICHA TÉCNICA

Onde?

São Paulo

Status

Em Andamento

Início do Projeto

Em Andamento

Conslusão

Em Andamento

Área do Projeto

20m2

Equipe

Equipe Guilherme Ortenblad, Rosa Clara Alves, Bruno Spinardi, Karin Kussaba, Pedro Borba, Alex Correa

Uma casinha suspensa em meio às árvores, no quintal da vovó, tem tudo para se tornar o lugar onde vai morar, para sempre, a infância do pequeno Gabriel, de apenas 1 ano

Uma casinha de madeira, suspensa em meio às árvores do quintal, recria ares de selva, em pleno Jardins, região próxima ao Centro de São Paulo. O refúgio foi projetado pelo designer Lao Napolitano, da Lao Engenharia e Design, para o pequeno Gabriel, de apenas 1 ano, no quintal da vovó.

 

O designer conta que criou uma série de desafios com diferentes níveis de dificuldade, para que o cantinho acompanhe toda a infância do menino. “Criamos caminhos que, hoje, ele só faz com um adulto, mas, com o tempo, vai querer fazer sozinho e, aos poucos, vai se aventurando”, explica.

 

Para chegar à casa, é preciso subir dois pisos e atravessar uma ponte oscilante. Lá dentro, duas palmeiras, que transpassam a construção, reforçam a ideia de mata fechada e, à esquerda, um túnel leva a um pé de jabuticaba, de onde se pode colher as frutas. Para descer, há um escorregador.

 

Na parte inferior, um tanque de areia, coberto por um pergolado de tubos de ferro, pode ser acessado por uma miniparede de escalada. Um barco anexo é para aqueles momentos em que se quer desbravar o mundo. Mas, para chegar a ele, é preciso passar por uma rede de cordas.

 

Lá de cima da embarcação, é possível voltar à terra firme por uma tirolesa, que corre entre duas fileiras de bananeiras e pode ser  nivelada em três alturas. O brinquedo é feito de pinus e troncos de eucalipto autoclavados.

Send this to a friend